Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal

Santa Cruz

Notícias

Informações sobre o canal farma

 

  • Dia Nacional de Combate ao Colesterol: fidelize os seus clientes com uma orientação farmacêutica de qualidade

    Todas as campanhas temáticas de saúde são de grande importância para alertar e orientar a população, principalmente no que diz respeito às doenças crônicas, conforme explica o Prof. Dr. Eder Pincinato, coordenador do curso de Farmácia do Mackenzie. E o Dia Nacional de Combate ao Colesterol, instituído em 08 de agosto, não fica de fora já que tem como um de seus objetivos levar informação sobre o risco de desenvolvimento de problemas cardiovasculares em indivíduos que tenham colesterol elevado, o que é chamado de hipercolesterolemia.

    Para o professor, as farmácias podem e devem contribuir com essa campanha, desenvolvendo ações de orientação e, se possível, realizar a determinação de colesterol total nos estabelecimentos, com a metodologia de punção capilar (na ponta do dedo). “Essa triagem populacional é bastante útil e recomendada pela Diretriz Brasileira de Dislipidemia e Prevenção da Aterosclerose - Atualização 2017. Além da ajuda pontual, desenvolvida na data, o farmacêutico e a loja têm um papel fundamental no acompanhamento dos pacientes dislipidêmicos, realizando a orientação farmacêutica para garantir o uso racional dos medicamentos.

    Farmacêutico no controle do colesterol alto

    Segundo o Prof. Dr. Eder, estima-se que aproximadamente 40 milhões de pessoas possuem colesterol elevado (hipercolesterolemia) no Brasil. E o farmacêutico pode ser um aliado no controle da doença, pois, por meio da consulta e orientação, realiza o acompanhamento farmacoterapêutico do paciente crônico, ou seja, verifica se o cliente está ingerindo os medicamentos da maneira correta e nos horários certos, se não há interações medicamentosas ou eventos adversos decorrentes da utilização desses produtos e se o tratamento está sendo eficiente para o consumidor. 

    “Para analisar o controle e a efetividade da terapia farmacológica, o profissional pode realizar exames na própria farmácia. Além da punção capilar, pode solicitar e interpretar exames laboratoriais de dosagem de colesterol total e frações. A consulta e/ou orientação farmacêutica podem ser usadas como uma forma de fidelização, uma vez que o público percebe que a parte comercial não é o único objetivo do estabelecimento e sim o seu bem-estar. Porém, saliento que essas ações têm o único e exclusivo intuito de acompanhamento farmacoterapêutico e, caso sejam detectados problemas relacionados à terapia farmacológica, o farmacêutico deve aconselhar a pessoa a procurar seu médico para discutir sobre outras alternativas, a fim de garantir um controle adequado”.

    Medicamentos que não podem faltar nas farmácias

    O professor finaliza informando que, com relação ao tratamento farmacológico, utilizam-se  as estatinas (sinvastatina, pravastatina, fluvastatina, pitavastatina, atorvastatina e rosuvastatina) como primeira escolha terapêutica, isoladas ou associadas à ezetimiba, à colestiramina e, em algumas situações, aos fibratos ou ao ácido nicotínico.

    De acordo com dados da IQVIA, a categoria de medicamentos que tratam o colesterol apresentou um crescimento de 28,3% no último ano móvel*.


    *Fonte: IQVIA PMB Mix Abril/2018 – Classe Terapêutica 4 – C10A1 - ESTATINAS INIB.HMG-COA R MAT Abril  2017 e MAT Abril 2018 – R$ Preço Consumidor.


    Revista SantaCruz

​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​
Página Inicial © Copyright 2008 - 2017 SantaCruz | Produzido por Addtech